Aprenda Sobre A Volta de Jesus Cristo

Blog destinado ao Estudo do Arrebatamento da Igreja, do Apocalipse e Escatologia

26 26UTC maio 26UTC 2010

O Milênio e suas Características

A explicação sobre o que são e como se estuda as sete dispensações você pode ler em nosso artigo: “Dispensações e Alianças”, neste aqui abordaremos algumas peculiaridades do Reino Milenar de Cristo na terra após a Grande tribulação.

O vocábulo DISPENSAÇÃO, se acha em Ef 1.10; 3.2; 3.9; I Co 9.17; Cl 1.25.

Estas dispensações bíblicas são chamadas de Inocência, Consciência, Governo Humano, Patriarcal, Lei, Eclesiástica ou da Graça, e por fim, Milenial – Milênio.
A palavra dispensação vem do latim dispenso, que significa pesar ou administrar, como um mordomo. Podemos também afirmar, do ponto de vista bíblico, que uma dispensação apontaria para os caminhos de Deus, os métodos através dos quais Ele opera e trata com os homens.

Isso aponta para a presença de Deus, que guia os atos pessoais e os acontecimentos históricos, com suas revelações, intervenções, recompensas, castigos e instruções. É também definida como: período de tempo durante o qual Deus estaria tratando com os homens de maneiras específicas.
O milenio é literal, o que acontece é que as vezes não obversamos o “já ainda não”.

O Reino de Deus começa dentro em vós, ou seja transformando as pessoas espiritualmente, redimindo elas, ate chegar a um cumprimento literal do Reino de Deus na terra conforme Lucas 1:32,33

“Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.”

Temos uma promessa agora ao aceitaremos Jesus, mais as vezes as bençãos adivindas dessa aceitação, ou seja a “completude” dela está num tempo futuro conforme 1ª João 3:2

“Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.”
O Governo de Cristo na Terra, Não será um mundo perfeito, mas um Governo Perfeito num mundo imperfeito (pois o pecado ainda existirá, embora sob intenso controle).

Quem participará do Milênio?

Participarão:

a. Os salvos de todas as épocas, compreendendo os fiéis do Antigo Testamento; a Igreja (Novo Testamento), e os salvos vindos da Grande Tribulação, TODOS em corpos celestiais, espirituais, glorificados (1 Tessalonicenses 4.16-17; Apocalipse 19.14; 20.4).
Por possuírem corpos glorificados, sobre os quais a matéria não terá domínio, estes salvos, participantes do Milênio, transitarão tanto na Terra como no Céu. Lembremo-nos de que Jesus esteve por quarenta dias (Atos 1.3) na Terra num corpo assim, e como esse mesmo corpo foi elevado aos Céus.

b. Os judeus salvos da Grande Tribulação; os gentios poupados no julgamento das nações; os nascidos durante o Milênio. Estes, em seus corpos naturais, é claro. Somente os justos serão admitidos no reino de Cristo (Mateus 25.37; Isaías 26.2; 60.21).

As principais características e propósitos do Milênio - A finalidade maior é restaurar:

Restaurar a paz, a justiça, a prosperidade, a longevidade.

Violência, nunca mais; fome, epidemias, terremotos, inundações, escassez de água, poluição, drogas, vícios de qualquer natureza; falta de alimentos; secas; pragas, injustiças sociais; corrupção; assaltos, estupros; ocultismo; desamor, abortos; desequilíbrio ecológico, crianças desamparadas… nunca mais! Haverá perfeita harmonia do homem com a Natureza; do homem com seu Criador; dos animais com o homem; entre os homens haverá perfeito amor fraternal.

Embora as pessoas do Milênio continuem com suas naturezas pecaminosas herdadas do primeiro casal, não mais sofrerão as influências maléficas do Diabo (2 Co 4.4). Isto não quer dizer que ninguém cometerá pecado. Ímpios ainda surgirão nesse período, porém em número bem reduzido.

A restauração de Israel incluirá a regeneração, reunião e posse da Terra, e o restabelecimento do trono davídico.

Há várias outras características da restauração que acompanharão os eventos descritos acima. Segundo Jeremias 3.18 e Ezequiel 37.15-23, a nação será reunida de tal forma que a antiga divisão entre Israel e Judá será eliminada.

Como nação, Israel se tornará o centro das atenções para os gentios (Isaías 14.1-2; 49.22-23; Sofonias 3.20; Zacarias 8.23) e desfrutará de todas as condições físicas e espirituais mencionadas anteriormente (Isaías 32.16-20; 35.5-10; 51.3; 55.12-13; 61.10-11).

Especificaremos alguns dos benefícios oriundos do reino milenar de Cristo:

1. A Terra não mais será amaldiçoada. As maldições como castigo pela desobediência do primeiro casal serão removidas (Gênesis 3.14, 17-18; Isaías 55.12-13).

2. Haverá profundas transformações nos rios, nos mares e nas águas subterrâneas: “Abrirei rios nos altos desnudos, e fontes no meio dos vales. Tornarei o deserto em açudes de água, e a terra seca em mananciais” (Isaías 11.15; 41.18; Ezequiel 47.1-12). Isto significa água abundante para todos e fartura de peixe, de frutas, de cereais.

3. Haverá perfeita comunhão entre os animais e entre estes e os homens. Os animais antes ferozes não atacarão os homens (Isaías 11.6-8).

4. O conhecimento de Deus alcança a todos, porque o Diabo não mais poderá “cegar o entendimento” das pessoas (2 Coríntios 4.4; Isaías 11.9; Jeremias 31.34).

5. O gênero humano no Milênio se multiplicará rapidamente. Não haverá mulheres estéreis: “Multiplicar-lhes-ei os homens como rebanho… as cidades desertas se encherão de homens”; “as praças de Jerusalém se encherão de meninos e meninas” (Ezequiel 36.37-38; Zacarias 8.4-5).

6. As doenças serão bastante reduzidas. Muitas enfermidades crônicas serão curadas (Isaías 33.24; 35.5-6).

7. Os habitantes da Terra viverão mais tempo. Estarão livres dos alimentos contaminados e de outros males que impedem uma vida longa: “aquele que morrer com cem anos, será tido por jovem” (Isaías 65.20-22).

8. Haverá perfeita comunicação entre Deus e seus filhos: “Antes que clamem, responderei; estando eles ainda falando, os ouvirei” (Isaías 65.24). Aleluia!

9. Cessarão as hostilidades entre os países. Enfim, haverá paz e prosperidade na Terra (Isaías 2.4; 35.1-2).

10. A justiça predominará: “Reinará um rei com justiça” (Isaías 32.1).

11. O Senhor Jesus conterá a fúria dos furacões, dos tornados, terremotos, maremotos, vulcões, e de todos os fenômenos naturais que abalam e devastam a humanidade (Isaías 32.2; 25.4).

Referindo-se a Nova Jerusalem o Apocalipse demonstra que ela será acessível durante o milênio pelas nações como é demonstrado nessas passagens:

Apocalipse 21:24-26
“E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra. E as suas portas não se fecharão de dia, porque ali não haverá noite. E a ela trarão a glória e honra das nações.”

Apocalipse 22:1,2
“E MOSTROU-ME o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.”

Logo o trono do Cordeiro estará na Nova Jerusalem que de alguma forma será acessível no milênio para que as nações possam comer do seu fruto.

A propria passagem indica que ainda não é o estado eterno quando menciona ainda nações = etnias povos.

Como você disse Rogério, é possível que ela fique pairando no ar, e que nós conduziremos essas nações no dia de comer da arvore da vida, até essa praça na nova Jerusalem:

Apocalipse 2:26,27

“E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações, E com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai.”

E é possível ainda que ela se localize sobre a Jerusalem terrestre
(e nesse texto o profeta nos informa que essa Jerusalem terrestre habitará segura, e que toda terra em redor se tornará uma planice):

Zacarias 14:6-11:
“Mas será um dia conhecido do Senhor; nem dia nem noite será; mas acontecerá que ao cair da tarde haverá luz. Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isto. E o Senhor será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome. Toda a terra em redor se tornará em planície, desde Geba até Rimom, ao sul de Jerusalém, e ela será exaltada, e habitada no seu lugar, desde a porta de Benjamim até ao lugar da primeira porta, até à porta da esquina, e desde a torre de Hananeel até aos lagares do rei. E habitarão nela, e não haverá mais destruição, porque Jerusalém habitará segura.

E Vejam esses versos demonstrando que haverá sobreviventes gentios do Armagedom e o que acontecerá com eles:

Verso 16 - 19em diante do mesmo Zacarias 14:

“E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos. E acontecerá que, se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva. E, se a família dos egípcios não subir, nem vier, não virá sobre ela a chuva; virá sobre eles a praga com que o Senhor ferirá os gentios que não subirem a celebrar a festa dos tabernáculos. Este será o castigo do pecado dos egípcios e o castigo do pecado de todas as nações que não subirem a celebrar a festa dos tabernáculos.”

Vejam agora que os povos buscarão esses “Judeus terrestres” (digo os judeus vivendo na Jerusalem terrestre) para encontrar - conhecer a Deus:

Zacarias 8:23:

“Assim diz o Senhor dos Exércitos: Naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.”

No Milenio Existirá um Quarto Templo:

Inclusive o dr Norbert Lieth, argumenta que no quarto templo do milenio retornarão os sacrificios, só como memória, vejam:

“Ezequiel 46 fala da situação no Milênio, onde também haverá novamente um templo, isto é, o verdadeiro templo do Senhor em Jerusalém, onde o próprio Senhor Jesus reinará. E ali os sacerdotes também exercerão novamente o seu ministério, e também serão feitos sacrifícios, realizados em memória do sacrifício do Calvário. E como já no Antigo Testamento os sacerdotes viviam de certas partes dos sacrifícios, assim também no Milênio eles se alimentarão de determinadas partes dos sacrifícios que cozerão. Ali também se fala de cozer no forno, onde certamente serão novamente cozidos pães, por exemplo, os pães da proposição que voltarão a ser colocados no templo. (Norbert Lieth)”

Zacarias 14.9 fala sobre esse período, dizendo: “O Senhor será Rei sobre toda a terra; naquele dia, um só será o Senhor, e um só será o seu nome”. A passagem continua nos versículos 16-21, descrevendo algumas das condições reinantes no Milênio. Apesar de toda a Bíblia falar descritivamente sobre o Milênio, apenas no último livro – Apocalipse – a duração do Seu reinado foi revelada.

Isaías (700 anos a.C.) previu essa era futura:

“Nos últimos dias, acontecerá que o monte da Casa do Senhor será estabelecido no cimo dos montes e se elevará sobre os outeiros, e para ele afluirão todos os povos. Irão muitas nações e dirão: Vinde, e subamos ao monte do Senhor e à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e a palavra do Senhor, de Jerusalém. Ele julgará entre os povos e corrigirá muitas nações; estas converterão as suas espadas em relhas de arados e suas lanças, em podadeiras; uma nação não levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra” (Isaías 2.2-4).

Outras passagens do Velho Testamento que tratam detalhadamente a respeito, incluem: Salmo 2.6-9; Isaías 65.18-23; Jeremias 31.12-14; Ezequiel 34.25-29; 37.1-14; 40-48; Daniel 2.35; 7.13-14; Joel 2.21-27; Amós 9.13-15; Miquéias 4.1-7 e Sofonias 3.9-20.

Esses versículos são apenas algumas das várias passagens relacionadas a esse assunto, escritas antes da primeira vinda de Cristo. O estudioso em profecias David Larsen resume esses textos dizendo sucintamente: “grande parte da profecia do Velho Testamento indica o estabelecimento de um reino de paz na terra em que a lei sairá do Monte Sião”.

A Expressão Davi meu Servi reinará no milênio:

Ezequiel 37.24:
“O meu servo Davi reinará sobre eles; todos eles terão um só pastor, andarão nos meus juízos, guardarão os meus estatutos e os observarão. Habitarão na terra que dei a meu servo Jacó, na qual vossos pais habitaram; habitarão nela, eles e seus filhos e os filhos de seus filhos, para sempre; e Davi, meu servo, será seu príncipe eternamente. Farei com eles aliança de paz; será aliança perpétua. Estabelecê-los-ei, e os multiplicarei, e porei o meu santuário no meio deles, para sempre. O meu tabernáculo estará com eles; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.”

A restauração de Israel incluirá a regeneração, reunião e posse da Terra, e o restabelecimento do trono davídico.

Há várias outras características da restauração que acompanharão os eventos descritos acima. Segundo Jeremias 3.18 e Ezequiel 37.15-23, a nação será reunida de tal forma que a antiga divisão entre Israel e Judá será eliminada.

Como nação, Israel se tornará o centro das atenções para os gentios (Isaías 14.1-2; 49.22-23; Sofonias 3.20; Zacarias 8.23) e desfrutará de todas as condições físicas e espirituais mencionadas anteriormente (Isaías 32.16-20; 35.5-10; 51.3; 55.12-13; 61.10-11).

E quanto a cegar o entendimento desde até o iniciar o Milenio:

Satanás é quem cega hoje o entendimento com base nesse texto:

2ª Corintios 4:4

“Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.”

Leia também os artigos relacionados ao milênio:

“O Pré-Milenismo, Os novos Céus e A Nova Terra.”
E
“O Milenio”

criado por professor.rodrigo    16:18 — Arquivado em: Sem categoria

10 Comentários »

  1. Comentário por Meiriele — 4 04UTC junho 04UTC 2010 @ 16:29

    muito bom o artigo

  2. Comentário por Aline — 10 10UTC junho 10UTC 2010 @ 9:00

    Muitooo bom seu artigo :D

  3. Comentário por Roberto Souza Fernandes — 10 10UTC junho 10UTC 2010 @ 13:04

    Bom dia Gostei do estudo sobre o Milênio, quero saber se vc’s têm um livro algo assim sobre o tema completo Escatologia, Desvendando as Visões de Daniel etc tec etc.

  4. Comentário por Lucylene Vidal — 10 10UTC junho 10UTC 2010 @ 14:35

    Tudo muito bom, mas gostaria que fossem menores para copiarmos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Um grande abraço

  5. Comentário por Alessandra Melo — 10 10UTC junho 10UTC 2010 @ 14:38

    Muito bom seu blog, ja coloquei nos meus favoritos :)

  6. Comentário por ana maria anders — 11 11UTC junho 11UTC 2010 @ 18:07

    Rodrigo, mas haverá pecado e doença no Milenio? Com Satanás e seus demonios presos por mil anos? Não entendi!Por favor se puder me explicar onde isto está escrito.Obrigada, Ana Maria Muito bom o artigo!Um abraço

  7. Comentário por Michele — 21 21UTC janeiro 21UTC 2011 @ 4:59

    Olá, amo meus animais domésticos, e tenho muita preocupação de como eles ficarão aqui na terra após o arrebatamento da igreja, sendo que tenho me preparado constantemente para subir! Por favor respondam!

  8. Comentário por marcelo costa — 23 23UTC janeiro 23UTC 2011 @ 16:58

    Foi de muita valia este estudo com base biblica sem particular interpretação.
    se houver condições de me trazer um esclarecimento:o amargedom será antes ou depois do arrebatamento? tenho minha opinião formada(que o amargedom será no periodo da grande tribulação) porém encontro resistencia de alguns estudiosos dizendo que será depois do milenio.
    obrigado

  9. Comentário por Richard donovan pegorário de farias — 5 05UTC abril 05UTC 2012 @ 22:29

    Excelente artigo,só confirma o que eu aprendí ao me unir á igreja á qual pertenço atualmente,e há muita riqueza de detalhes,é isto que a bíblia ensina.

  10. Comentário por joao augusto — 28 28UTC maio 28UTC 2013 @ 10:32

    não entendi por q vc fala no item 6 q as doenças serão reduzidas se a biblia não fala, mas que nenhum morador de jerusalém não vão poder dizer q está doente, ou seja, não haverá mais enfermidades.

Deixe um comentário

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://preparandoanoiva.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.